. . .

Hopi Hari tem novo controlador e anuncia restruturação

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

O parque de diversões Hopi Hari, que está em processo de recuperação judicial, tem um novo controlador. Em comunicado, o departamento de marketing do estabelecimento confirma que 75% das ações da HH Participações, que controla o parque, foram vendidas ao empresário do ramo imobiliário José Luiz Abdalla.

A mudança dá início a um plano de restruturação do empreendimento localizado em Vinhedo (a 79 quilômetros de São Paulo). Está prevista a construção de um complexo hoteleiro com 1.200 apartamentos e um centro de convenções para a realização de shows de músicas, entre outras atividades.

De acordo com o comunicado, o plano de investimento contempla o “aumento da disponibilidade operacional das 44 atrações” do Hopi Hari, que são divididas em cinco áreas temáticas.

PREJUÍZO

O parque foi inaugurado em 1999, sob o comando do fundo de participação em empresas GP Investimentos e de fundos de pensão como Previ, Petros e Funcef.

Em 2009, após seguidos anos de prejuízo, o parque foi vendido para seis sócios da consultoria Íntegra Associados. O Hopi Hari enfrentou uma série de pedidos de falência. Em agosto, entrou com o pedido de recuperação judicial na comarca de Vinhedo.

No fim de 2015, a dívida líquida do estabelecimento estava em R$ 275 milhões. Em contas de redes sociais mantidas pelo parque, visitantes reclamam do funcionamento parcial de algumas das atrações e do mau estado de conservação de parte das instalações.

Com a restruturação, o novo grupo administrador pretende melhorar o atendimento, tendo o parque de diversões como âncora. O complexo tem capacidade para receber 3 milhões de visitantes por ano, mas o comunicado diz que a média anual de público é de 1,5 milhão.

Fonte: Folha Press

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close

Garotas FN

O Editor

Samuel Azevedo

Oferecemos aos nossos leitores links para reportagens e artigos, da imprensa nacional e internacional, que consideramos informativos e de boa qualidade. Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site.