. . .

Após sofrer bullying, estudante ameaça colegas de morte via WhatsApp

Após sofrer bullying em no Colégio Estadual Olavo Bilac, em Goiânia, um estudante de 17 anos ameaçou alguns colegas de morte pelo WhatsApp. O garoto prestou depoimento nesta quarta-feira (1º), na Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente (DPCA). Ele foi acompanhado dos pais e de uma conselheira tutelar.

As ameaças foram enviadas a 16 colegas de classe e de outras turmas. A polícia acredita que o número pode ser maior. “Ele afirmou que sofria bullying relacionado a sua sexualidade, opção religiosa e a compleição física avantajada. Afirmou também que se sentia excluído na escola, que não tinha amigos e não era aceito, causando, assim, um grande sofrimento mental”, disse a delegada Paula Meotti, responsável pelo caso, em entrevista ao G1.

Os pais do adolescente disseram que ficaram surpresas com a notícia, tanto do bullying sofrido, quanto um livro de suicídio encontrado an mochila do filho. Em depoimento, acrescentou a delegada, o estudante quis matar alguns colegas envenenados, no entanto, não teve coragem de executar o crime.

De acordo com a reportagem, o rapaz responderá em liberdade pelo ato infracional análogo ao crime de ameaça. Pelo fato dele ser menor, o inquérito será remetido para a Delegacia de Polícia de Apuração de Atos Infracionais (Depai).

Fonte: Notícias ao Minuto

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close

Garotas FN

O Editor

Samuel Azevedo

Oferecemos aos nossos leitores links para reportagens e artigos, da imprensa nacional e internacional, que consideramos informativos e de boa qualidade. Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site.