. . .

Vander e Zeca pedem na Anatel solução para “vazios” de cobertura 3G em MS

Na tarde de terça-feira (7), os deputados federais Vander Loubet e Zeca do PT estiveram na sede da Agência Nacional de Telecomunicação (Anatel), em Brasília, para uma audiência com gerentes do órgão. Em pauta esteve a cobertura de sinal de internet móvel em Mato Grosso do Sul, sobretudo o sinal 3G.

“O Zeca e eu temos recebido muitas reivindicações sobre essa questão da cobertura de 3G. São vários os distritos e comunidades que carecem desse serviço e passam por dificuldades para ter comunicação, como são os casos que chegaram até nós: Piraputanga, em Aquidauana; Santa Terezinha, em Itaporã; e Vista Alegre, em Maracaju. E com certeza há outras localidades com a mesma situação”, pontuou Vander.

Apesar de haver operadoras de telefonia móvel que divulgam possuir cobertura em todo o estado, na maioria das vezes o sinal é restrito à sede do município, ou seja, ao centro urbano. “As pessoas que vivem afastadas da sede, como as populações rurais e habitantes de distritos, acabam ficando desassistidas de internet móvel, que é uma tecnologia essencial na atualidade”, observa Zeca.

Os deputados foram recebidos na agência por Nilo Pasquali, gerente de Regulamentação, e por assessores de Relações Institucionais. Durante a reunião, ficou acordado que a Anatel vai fazer um estudo sobre os “vazios” de cobertura de sinal em MS e que Vander e Zeca vão propor aos deputados estaduais do PT uma audiência pública na Assembleia Legislativa para que esse levantamento seja apresentado a prefeitos, lideranças comunitárias e ao Governo do Estado a fim de discutir alternativas para a solução do problema.

Fonte: Assessoria

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close

Garotas FN

O Editor

Samuel Azevedo

Oferecemos aos nossos leitores links para reportagens e artigos, da imprensa nacional e internacional, que consideramos informativos e de boa qualidade. Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site.