FATONEWS

Prefeitura de Dourados fechou o ano de 2018 com R$ 884 milhões de arrecadação

A Prefeitura de Dourados fechou o ano de 2018 arrecadando R$ 884,114 milhões em receitas. Entre os valores mais altos arrecadados estão o ICMS (Imposto Sobre Circulação de Mercadorias e Serviços), rendendo à administração municipal R$ 134,055 milhões.

Com a cobrança do IPTU (Imposto Sobre a Propriedade Predial e Territorial Urbana), a prefeitura recebeu da população mais de R$ 71,674 milhões.

Já o IPVA (Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores) rendeu R$ 33,038 à administração municipal.

Em relação à iluminação pública, os douradenses já pagaram R$ 15,469 milhões com a taxa do Cosip (Custeio do Serviço de Iluminação Pública).

As informações disponíveis no Portal de Transparência mostram ainda que a prefeitura recebeu do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação (Fundeb), que atende toda a educação básica, da creche ao ensino médio, R$ 115,241 milhões.

Para conferir todos os valores arrecadados pela prefeitura neste ano, clique aqui.

LICITAÇÃO CANCELADA 

Inclusive, uma licitação para trocar as lâmpadas atuais por LED na cidade, onde a empresa GTX Serviços de Engenharia e Construção, com sede em Campo Grande, iria realizar os trabalhos, por R$ 18.500.000,00 nas ruas Ponta Porã e Cuiabá (Norte-Sul), e Azis Rasslem e Francisco Luís Viegas (Leste-Oeste), ajudaria a melhorar a situação da escuridão na cidade, porém, a licitação foi cancelada pela prefeita Délia Razuk (PR), no mês de setembro. 

INVESTIGAÇÃO 

No dia 14 de agosto do ano passado, a 10ª Promotoria de Justiça de Dourados instaurou um inquérito civil nº 06.2018.00002451-8, por meio do titular o Promotor de Justiça Etéocles Brito Mendonça Dias Júnior, para apurar eventual irregularidade na disponibilização do serviço de iluminação pública na cidade de Dourados.

De acordo com o promotor, “a necessidade da ação surgiu diante da precariedade do serviço de iluminação pública, em alguns bairros da cidade de Dourados, o que tem causado prejuízos à população em relação à segurança pública, especialmente nas localidades sensíveis reveladas nos estudos técnicos produzidos pela guarda municipal e pelo Terceiro Batalhão de Polícia Militar”.

Fonte: 94FM Dourados

Sobre o editor

Samuel Azevedo
Samuel Azevedo
Trabalhando para trazer a verdade ao público!

A verdadeira informação é a salvação de uma nação livre de injustiças!