FATONEWS

Petrobras demite todos os diretores indicados durante o governo do PT

A chamada “despetização” iniciada pelo novo governo logo nos primeiros dias de expediente continuam. De acordo com o jornal Valor Econômico, menos de uma semana depois da posse do novo presidente da Petrobras, Roberto Castello Branco, os diretores da empresa indicados quando o Partido dos Trabalhadores governava foram demitidos. A mudança seria uma tentativa do residente de distanciar a companhia e sua gestão da administração petista.

Na última segunda-feira, 8, Castello Branco indicou Carlos Alberto Pereira da Oliveira para a diretoria executiva de Exploração e Produção da Petrobras. Antes, o cargo era ocupado por Solange da Silva Guedes.

Ela, Jorge Celestino Ramos e Hugo Repsold Jr. desempenharam atividades de diretoria na estatal a partir de 2015, de maneira interina, quando houve a renúncia dos diretores anteriores, que eram comandos por Graça Foster.  Mais tarde, com na gestão de Pedro Parente, os três se mantiveram definitivamente na equipe. Eles permaneceram por mais de quatro anos em seus cargos, mesmo durante os problemas enfrentados pela estatal.

“As crises foram debeladas e sou grato a todos que participaram dessa reconstrução, principalmente meus dois últimos antecessores, Pedro Parente e Ivan Monteiro. Construiu-se sólida governança corporativa, rigorosas normas de ética e integridade foram implementadas e punidos os criminosos. A Petrobras retomou o acesso aos mercados financeiros e já registrou lucro contábil, embora não econômico. Um ciclo se encerrou. A Petrobras de hoje é muito melhor do que a de 2015”, afirmou o novo presidente, ao assim o cargo.

Fonte: Yahoo!

Sobre o editor

Samuel Azevedo
Samuel Azevedo
Trabalhando para trazer a verdade ao público!

A verdadeira informação é a salvação de uma nação livre de injustiças!