FATONEWS

Província chinesa lança aplicativo que “flagra” endividados nos arredores

No Brasil, a cobrança vexatória é uma prática ilegal, conforme rege o Código de Defesa do Consumidor. Na China, entretanto, esse é exatamente o ponto de uma nova aplicação, lançada na província de Hebei e capaz de mostrar, em um mapa, os devedores localizados nos arredores da posição do usuário.

O software é uma extensão do mensageiro WeChat, extremamente popular no país. Com ele, é possível observar os endividados que estão a até 500 metros do usuário, acessando informações como foto, imagem e motivo da dívida. De acordo com a imprensa local, trataria-se de uma maneira de auxiliar na localização de inadimplentes e, também, permitir que aqueles que podem pagar suas contas, mas não o fazem, sejam localizados de maneira mais fácil.

A iniciativa seria parte de um sistema de crédito social que vem sendo comentado desde o final de 2017 pelas autoridades chinesas. Em uma ideia “muito Black Mirror”, as autoridades estariam criando um sistema de ranqueamento de cidadãos de acordo com diferentes critérios, como fichas criminais, situação de crédito, participação em iniciativas de caridade e tantos outros, além de infrações como fumar no interior de um trem ou não pagar multas de trânsito.

Aqueles com saldo positivo teriam vantagens como juros menores para emprestar dinheiro, por exemplo, além de facilidades na compra de bens. A ideia seria implementar um sistema desse tipo já no ano que vem. Entretanto, os que estiverem na outra ponta do espectro podem ter negadas compras de passagens aéreas ou podem pagar mais caro por serviços.

Aos poucos, províncias e regiões começam a testar soluções próprias voltadas a esse fim, como é o caso do aplicativo que está sendo usado em Hebei. A ideia, também, seria facilitar a pesquisa por informações pessoais e criar o que o governo local chamou de “uma sociedade confiável”. A integração entre o WeChat e banco de dados oficial, além do fato de o aplicativo ser incrivelmente popular no país, estando presente na esmagadora maioria dos celulares, ajuda nesse controle.

Fonte: China Daily

Sobre o editor

Samuel Azevedo
Samuel Azevedo
Trabalhando para trazer a verdade ao público!

A verdadeira informação é a salvação de uma nação livre de injustiças!
Notícias Relacionadas :::