FATONEWS

Na reta final da safra, produção de cana-de-açúcar atinge 46,4 milhões de toneladas

A Biosul (Associação de Produtores de Bioenergia de Mato Grosso do Sul) informou que a moagem de cana-de-açúcar em Mato Grosso do Sul alcançou 46,4 milhões de toneladas na reta final da safra 2018/2019.

De acordo com os números da associação, o volume registrado até 15 de janeiro é 6% maior em relação ao mesmo período do ano passado. Mas, a expectativa com o encerramento oficial da safra no mês de março, é atingir o mesmo volume de cana processada na safra anterior que foi de 46,9 milhões de toneladas.

O presidente da Biosul, Roberto Hollanda Filho, acredita que é possível atingir o objetivo, já que, diferente de outros estados, Mato Grosso do Sul tem usinas operando até o final da safra. “Nesse momento estamos a 500 mil toneladas do total de cana processada na safra passada. Acredito que será possível atingir o mesmo volume, já que em MS, diferente de outros estados, temos usinas operando até 31 de março”, afirmou.

A associação também divulgou dados da produção de etanol hidratado, que atingiu 2,3 bilhões de litros. O volume é 45% maior se comparado ao mesmo período do ano passado. Já a produção do etanol anidro segue em queda de 9%, com produção de 766 milhões de litros. Os dados apontam redução de 76 mil litros em relação ao ciclo anterior. Com volume recorde de produção, o estado produziu mais de 3,1 bilhões de litros de etanol.

Seguindo o acompanhamento da Biosul, a produção de açúcar permanece baixa, com recuo de 35%. No período acumulado, foram produzidas 933 mil toneladas, diferente da safra anterior, quando a produção foi de 1,4 milhão de toneladas.

Leia também:  PMA autua empresa pecuarista em R$ 21 mil por exploração ilegal de madeira

Fonte: Midiamax