FATONEWS

MP apresenta denúncia contra mulher que esmagou cabeça de idosa até a morte

O MP (Ministério Público) apresentou nesta terça-feira (12) denúncia pelo crime de homicídio contra Pamela Ortiz, acusada de matar com pancadas na cabeça a idosa de 79 anos, Dirce Santoro Guimarães Lima, no dia 25 de fevereiro, em Campo Grande.

O juiz da 1º Vara do Tribunal do Crime, Carlos Alberto Garcete, teria dado um prazo de 10 dias para que o advogado apresente defesa preliminar. No início do mês de março, a Justiça negou o pedido de revogação da prisão de Pamela.

Na decisão sobre o indeferimento do pedido de liberdade, o juiz ressaltou que a investigada apresenta extensa lista de ações penais em andamento em quase todas as varas criminais da Capital, conforme consulta realizada. Na sequência, o juiz listou as ações mencionadas: são oito em andamento, em seis varas criminais diferentes.

O caso

Pamela Ortiz de Carvalho foi presa no dia 25 de fevereiro, acusada do assassinato da idosa de 79 anos, Dirce Santoro Guimarães Lima, que aconteceu no dia 23. Dirce foi morta com pancadas na cabeça, que foi batida contra um meio-fio. O rosto da vítima ficou desfigurado.

A idosa desapareceu depois de entrar no carro Renault Sandero de Pâmela ao sair de casa no Bairro Santo Antonio. As duas teriam se conhecido em novembro de 2018.

A suspeita confessou o crime e disse que houve uma discussão dentro do veículo entre ela e a idosa, e que Dirce havia pulado do carro em movimento, mas o que a polícia descarta. Segundo informações da polícia, a vítima teria se queixado com vizinhas que desde que conheceu Pamela compras que não era dela estavam sendo feitas em seu cartão de crédito.

O corpo de Dirce foi encontrado atrás de uma fábrica de peças íntimas, em Indubrasil. Ele estava jogado em um amontoado de lixo.

Fonte: Mídiamax

Sobre o editor

Samuel Azevedo
Samuel Azevedo
Trabalhando para trazer a verdade ao público!

A verdadeira informação é a salvação de uma nação livre de injustiças!