sexta-feira, agosto 17

Ciência

Chuva de granizo: por que ela acontece – e quais foram os piores casos

Chuva de granizo: por que ela acontece – e quais foram os piores casos

Ciência
Uma verdadeira saraivada atingiu Belo Horizonte na noite desta segunda-feira (6). A chuva de granizo que caiu sobre a capital mineira destruiu telhados, derrubou árvores, alagou ruas, provocou deslizamentos e queda de energia. Até o Campeonato Brasileiro de Futebol foi afetado: o jogo entre Atlético Mineiro e Internacional, no estádio do Independência, teve que ser interrompido duas vezes (o que parece ter prejudicado os anfitriões, que perderam de 1 a 0 para o Colorado). O fenômeno – atribuído ao encontro de uma frente fria com uma massa de ar quente que pairava sobre BH – ocorre quando se formam as chamadas cúmulos-nimbos, nuvens gigantes que chegam a 15 quilômetros de altitude. Mas bastam 5 quilômetros (onde a temperatura já é inferior a 0ºC) para que as gotinhas de água que formam a
Brasileiros poderão observar chuva de estrelas cadentes neste mês

Brasileiros poderão observar chuva de estrelas cadentes neste mês

Ciência, Slider
A chuva de meteoros Perseidas encanta todos os anos no mês de agosto. No auge do fenômeno, que é observado na Terra há pelo menos 2 mil anos, cerca de 40 a 80 estrelas cadentes iluminam o céu noturno por hora. De acordo com a BBC, a chuva ocorre quando um conjunto de detritos do cometa Swift-Tuttle entram em combustão ao invadir a atmosfera terrestre, formando fracos fachos de luz. De acordo com a Nasa, as Perseidas serão a melhor oportunidade de ver meteoros em 2018. O pico do fenômeno poderá ser observado durante a lua nova, da madrugada do dia 12 para o dia 13 deste mês. “Isso facilita a observação, já que a noite fica fica mais escura”, explica o astrônomo Enos Picazzio, professor do Instituto de Astronomia e Geofísica da USP. Segundo o jornal ‘Folha de S. Paulo’, os melho
Humanos frequentarão seus próprios funerais até 2050, diz pesquisador

Humanos frequentarão seus próprios funerais até 2050, diz pesquisador

Ciência, Slider
Nas próximas décadas, a humanidade poderá alcançar uma espécie de ‘imortalidade eletrônica’ ao fundir mentes e máquinas poderosas, de acordo com pesquisador futurista. Segundo Ian Pearson, isso pode significar que, por meio de robôs, os seres humanos poderão fazer coisas impensáveis atualmente, como assistir ao próprio funeral. Ao Daily Mail, Pearson afirmou que, até 2050, é esperado que humanos possam vincular os sentidos e a memória à tecnologia externa. Porém, ressaltou que tal mudança pode ser arriscada, já que pessoas poderão "perder suas mentes" devido à ' imortalidade eletrônica'. Isso porque, segundo o especialista, transformações exigidas por tal condição exigirão um planejamento cuidadoso, já que, sem ele, cérebros conectados à nuvem poderiam ser controlados por terceiros e
Mais de 24 mil pessoas se ofereceram para beber água de sarcófago

Mais de 24 mil pessoas se ofereceram para beber água de sarcófago

Ciência, Destaque
Se você chegou agora, a gente explica: no começo de julho, pesquisadores encontraram um sarcófago de Alexandria com três múmias que provavelmente viveram no período ptolomaico. Essa dinastia governou o Egito entre 305 a.C. e 30 d.C. Acontece que as múmias, provavelmente de antigos soldados, estavam imersas em um líquido escuro. Depois de revelado o conteúdo do sarcófago, mais de 24 mil pessoas se voluntariaram para beber a “água suja”, imaginando que ela pudesse dar algum poder. Todas elas deixaram seu nome em uma petição online, neste link: https://www.change.org/p/let-people-drink-the-red-liquid-from-the-dark-sarcophagus.
Você sabe quanto empuxo era necessário para lançar um ônibus espacial?

Você sabe quanto empuxo era necessário para lançar um ônibus espacial?

Ciência, Slider
Vira e mexe a gente fica sabendo do lançamento de foguetes levando astronautas e suprimentos até a Estação Espacial Internacional. Mas, você deve se lembrar de que, até recentemente, esse transporte era realizado por meio dos ônibus espaciais — os famosos “shuttles” que iam e vinham do espaço. O programa administrado pela NASA fez seu último voo no dia 8 de julho de 2011, depois de 30 anos de missões, e a frota de ônibus foi aposentada e hoje se encontra em exposição em diversos museus e instituições espalhados pelos Estados Unidos. No entanto, tem uma galera que sente saudades da época em que os ônibus espaciais faziam suas viagens espaciais — e um usuário do Instagram (m3murray) compartilhou um impressionante vídeo mostrando o lançamento de um shuttle. Aliás, você tem noção do empu
O que aconteceria se bomba nuclear mais potente explodisse na fossa das Marianas?

O que aconteceria se bomba nuclear mais potente explodisse na fossa das Marianas?

Ciência, Slider
Segundo explicaram os autores da publicação, uma vez que fosse detonada, a bomba de 50 megatons de TNT iluminaria pela primeira vez na história as profundidades da fossa. Depois, o calor da explosão geraria uma enorme bolha composta por vapor de água, núcleos radioativos e os restos dos organismos marítimos. Esta bolha se ampliaria constantemente, evaporando a água em seu redor. A onda de choque causada pela explosão seria detectada pelas estações sismológicas de todo o mundo. Entretanto, a onda iria parar. Mas porquê? Acontece que a atmosfera é incapaz de conter a onda explosiva, de modo que, na superfície da terra, a onda de choque poderia alcançar uns dez quilômetros de raio. Entretanto, a pressão no fundo da fossa, a uma profundidade de 11 quilômetros, é enorme, por isso a bolha
Nasa revela estar a um passo de encontrar vida em lua de Júpiter

Nasa revela estar a um passo de encontrar vida em lua de Júpiter

Ciência, Slider
A lua Europa, uma das 79 que orbitam Júpiter, é um dos locais mais promissores no Sistema Solar para a existência de vida extraterrestre. Um estudo divulgado pela Nasa nesta segunda-feira (23) revela que os sinais de vida podem ser encontrados de maneira mais fácil do que se imaginava. A pesquisa publicada pela Nature Astronomy afirma que cadeias de aminoácidos (estruturas que constituem toda a matéria viva) existem há pelo menos 10 milhões de anos na lua e estão localizadas de 1 a 3 centímetros abaixo da superfície. Além disso, o satélite Europa tem outras características que indicam a possibilidade de encontrar vida, como o fato de ser coberto por uma camada de 10 quilômetros de gelo e possuir enormes oceanos subterrâneos aquecidos pela energia térmica produzida pela interação grav
Senai promove workshop sobre energia fotovoltaica e NR 12

Senai promove workshop sobre energia fotovoltaica e NR 12

Ciência, Destaque
O Senai promove, nesta quinta-feira (26/07), às 19 horas, na Associação Comercial e Empresarial de Corumbá, localizada na Rua Delamare, 1.088, no centro da cidade, o “Workshop Empresarial sobre Energia Fotovoltaica e NR 12”, que tem como objetivo falar a respeito das novas alternativas para baratear a conta de luz e como garantir que as máquinas e equipamentos sejam seguros para o uso do trabalhador. O evento conta com a parceria da Associação Comercial e Empresarial de Corumbá e do Sicredi/MS e apoio dos sindicatos industriais Sindiecol, Simec, Sindicom, Sindivesc e Siaco. Segundo o consultor em comercialização de energia do Senai Empresa, Sebastião Dussel, as empresas têm interesse de investir em energia renovável para reduzir os custos e, consequentemente, aumentar a competitividade.
Marte está em posição mais próxima da Terra desde 2003

Marte está em posição mais próxima da Terra desde 2003

Ciência
As luzes das grandes cidades costumam ofuscar o brilho das estrelas e dos planetas que estão mais próximos da Terra, o que torna mais complicado visualizar estes corpos celestes. Entretanto, até setembro deste ano Marte estará com um brilho mais intenso que o comum, possibilitando em alguns ponto observar o planeta vermelho a olho nú. Este fenômeno, segundo o (N-EXPERTS) é chamado de 'brilho oposto' e se deve ao alinhamento de um planeta com o Sol. Marte está alinhado com o Sol em linhas opostas, enquanto a Terra está no meio do caminho. Devido as órbitas regulares dos planetas em torno do Sol, este fenômeno acontece a cada 26 meses, a diferença é que agora Marte está o mais próximo possível da Terra, a última vez que isso ocorreu foi em 2003. E o fenômeno só se repetirá daqui a no m
Descobriram em Alexandria um sarcófago negro intacto há 2 mil anos

Descobriram em Alexandria um sarcófago negro intacto há 2 mil anos

Ciência, Slider
Parece que cada vez que cavoucam com um pouco mais de afinco no Egito algum artefato do passado vem à tona, né? Pois depois de contarmos por aqui sobre a descoberta de casas de 4,5 mil anos vizinhas à Necrópole de Gizé — que serviam para abrigar a galera que administrava a produção e distribuição de alimentos para o exército da região —, eis que também encontraram esses dias em Alexandria um sarcófago feito de granito negro e que parece não ter sido aberto nos últimos 2 mil anos! Intocado De acordo com Jason Daley, do site Smithsonian.com, o caixão de pedra foi encontrado em Sidi Gaber, em Alexandria, e parece ter passado batido pelos radares dos saqueadores de tumbas durante esse tempo todo, o que é algo bastante raro. O artefato foi descoberto por um time de arqueólogos durante uma esc