quarta-feira, junho 20

Armas

A noite em que uma bomba atômica podia ter varrido o Arkansas do mapa

A noite em que uma bomba atômica podia ter varrido o Arkansas do mapa

Armas, Slider
Imagine uma história em que um mero descuido por parte de um encarregado de manutenção acaba arrasando um Estado inteiro, o do Arkansas, com o então futuro presidente dos Estados Unidos, Bill Clinton, entre as vítimas. Não se trata de uma ucronia, um desses romances nos quais os nazistas se saem vencedores da guerra, mas sim de uma situação que esteve muito próxima de acontecer na vida real devido ao descaso com que se cuidava das mais poderosas bombas atômicas. A noite de 18 de setembro de 1980 foi aquela em que tudo poderia ter mudado. Uma noite que está marcada, sobretudo, na memória de um grupo de jovens solados que tinham cerca de 20 anos quando cuidavam de um silo que abrigava o míssil balístico intercontinental Titan II de Damascus (Arkansas). Depois de um turno de 12 horas, um d
Forças pró-regime freiam ofensiva do EI contra cidade síria de Bukamal

Forças pró-regime freiam ofensiva do EI contra cidade síria de Bukamal

Armas, Destaque
As forças leais ao regime sírio frearam uma ofensiva do grupo extremista Estado Islâmico (EI), que teve que dar meia volta neste sábado (9) às portas da cidade de Bukamal, onde os combates continuam, anunciou uma ONG. Na véspera, o EI recuperou o controle de uma parte desta cidade-chave no leste da Síria, na fronteira com o Iraque, após lançar uma série de ataques suicidas, a ofensiva mais importante do grupo extremista nos últimos meses. "Os extremistas retrocederam até os limites oeste e norte da cidade depois de intensos combates com as forças pró-regime, freando a ofensiva com a chegada de reforços nestas últimas horas", declarou o Observatório Sírio para os Direitos Humanos (OSDH). Em 24 horas, os combates causaram 30 mortes entre as forças do regime e seus aliados - combatentes
A viagem alucinante do esquadrão 790: usar LSD para custodiar mísseis nucleares

A viagem alucinante do esquadrão 790: usar LSD para custodiar mísseis nucleares

Armas, Slider
“Estou morrendo! Quando isso vai acabar?” é a frase que gritou em fevereiro de 2016 um soldado norte-americano sob efeito de LSD. O áudio da gravação foi ouvido nos tribunais como parte de uma investigação da Força Aérea dos EUA à qual a Associated Press (AP) teve acesso. Os documentos desmascaram um grupo do esquadrão que detém a custódia de um terço dos 400 mísseis balísticos intercontinentais Minuteman 3 localizados na base F.E. Warren, no Wyoming. O grupo militar acusado operou durante meses comprando, vendendo e consumindo o alucinógeno, ecstasy, cocaína e outras drogas. O caso, cujos detalhes foram divulgados pela primeira vez, terminou com seis condenados em tribunais marciais por consumo e/ou distribuição de LSD e outros 14 soldados punidos. Nenhum foi acusado de consumir na
Maior teste nuclear da Coreia do Norte conseguiu mover montanha de lugar

Maior teste nuclear da Coreia do Norte conseguiu mover montanha de lugar

Armas, Slider
Por meio do estudo de imagens de satélite, cientistas da Universidade Tecnológica de Nanyang, em Cingapura, descobriram que a Coreia do Norte está produzindo armas nucleares tão poderosas que, em um de seus últimos testes, foi capaz de mover uma montanha de lugar. A explosão, que aconteceu em setembro de 2017 no local de testes nucleares do estado conhecido como "Punggye-ri", foi registrada por sensores sísmicos, que comprovaram efeitos como terremotos de magnitudes 6,3 e 4,1 na escala Richter.  A equipe afirmou que a força da explosão na Coreia do Norte foi de 120 a 304 quilotons – medida usada para a quantificação da energia liberada em explosões–, ou seja, dez vezes mais potente do que a bomba lançada em Nagasaki. Imagens revelaram que a montanha se deslocou cerca de 3,5 metro
Entenda a disputa entre Israel e o Irã em meio ao conflito na Síria

Entenda a disputa entre Israel e o Irã em meio ao conflito na Síria

Armas, Slider
Israel afirma ter atacado com mísseis nesta quinta-feira quase todas as instalações militares do Irã na Síria em resposta a um suposto ataque de mísseis iranianos que atingiram suas bases militares nas colinas de Golã. Israel acusa a Guarda Revolucionária (força de elite do Irã) na Síria de ter lançado 20 foguetes contra suas bases militares na quarta-feira e diz ter reagido, menos de 24 horas depois, atacando depósitos de armas, bases logísticas e centro de inteligências do Irã em território sírio. O Irã, que enviou soldados para apoiar o presidente sírio Bashar al-Assad e é considerado um dos principais aliados das forças governamentais, ainda não se posicionou oficialmente. A mídia estatal síria informou que a força aérea do país impediu uma "agressão israelense" em territó
Documento da CIA relata que cúpula do Governo militar brasileiro autorizou execuções

Documento da CIA relata que cúpula do Governo militar brasileiro autorizou execuções

Armas, Slider
"Assunto: 'Decisão do presidente brasileiro, Ernesto Geisel, de continuar com as execuções sumárias de subversivos perigosos, sob certas condições", diz um memorando de 11 de abril de 1974 enviado pelo diretor da CIA, a agência de inteligência norte-americana, para o então secretário de Estado Henry Kissinger. O documento, revelado pelo Bureau of Public Affairs do Departamento de Estado dos Estados Unidos, expõe que a cúpula do Governo militar brasileiro (1964-1985) sabia sobre as ações de exceção tomadas contra adversários do regime. "Este é o documento secreto mais perturbador que já li em vinte anos de pesquisa", descreveu o pesquisador Matias Spektor, coordenador do Centro de Relações Internacionais da Fundação Getúlio Vargas. Spektor chamou atenção nesta quinta-feirapara relato
O sedutor ‘Casanova’ do Estado Islâmico

O sedutor ‘Casanova’ do Estado Islâmico

Armas, Slider
Imad Jibar passou de um joão-ninguém em Ceuta aos 20 anos a um aguerrido soldado do Estado Islâmico na Síria aos 21. Vestido com uniforme de guerra, barba espessa e armado com um fuzil de assalto Kalashnikov, se transformou em um perito em seduzir jovens mulheres na base de cliques. Sua radical mudança de imagem, suas atraentes mensagens e os vídeos gravados nas casas luxuosas que conquistavam conseguiram atrair a atenção de muitas delas. Em pouco tempo se tornou um dos principais recrutadores do califado, uma espécie de “contrabandista oficial”, de “contato de referência”. E nos seis anos em que permaneceu em suas fileiras conseguiu introduzir nos territórios jihadistas várias centenas de pessoas, na maioria mulheres, segundo fontes policiais. Em 17 de abril foi detido na cidade front
A ameaça fatal das armas que disparam sozinhas no Brasil e nos EUA

A ameaça fatal das armas que disparam sozinhas no Brasil e nos EUA

Armas, Slider
O som grave do ritmo funk vindo de poderosas caixas de som no porta-malas fazia com que os retrovisores do carro – e centenas de corpos – balançassem. A multidão de pessoas se aglomerava no meio da rua em um dos principais fluxos (ou pancadões) da favela de Paraisópolis, zona sul de São Paulo, em uma noite fria de julho de 2017. Após reclamações de barulho e informações sobre “consumo de drogas” no local, a unidade do terceiro-sargento André Fontes*, que patrulhava a região, foi acionada para acabar com a festa por volta da uma da manhã. Policial Militar experiente com 11 anos de farda, ele sabia que nessas horas, com muita gente na rua, é melhor deixar a arma no coldre e, "se no diálogo não vai, uma granada de gás lacrimogêneo costuma resolver". Foi o que ele fez. Arremessou o artef
FAB aborda e força pouso de avião suspeito de tráfico em MS

FAB aborda e força pouso de avião suspeito de tráfico em MS

Armas, Destaque
A FAB (Força Aérea Brasileira) obrigou um avião do tipo bimotor Baron a pousar forçadamente na fronteira do Brasil com a Bolívia. O fato ocorreu na manhã desta quarta-feira (25), a aproximadamente 150 km de Corumbá, conforme informado no twitter oficial da instituição. Durante a interceptação do bimotor Baron, foram adotadas as medidas de policiamento do espaço aéreo, que não foram respeitadas. Diante disso, o A-29 da FAB teve de realizar o tiro de detenção, provocando o pouso forçado do avião em um lago no Parque Nacional do Pantanal Sul-Mato-Grossense. Ainda conforme as postagens oficiais da instituição, na interceptação, além de três caças A-29, também foi empregada a aeronave radar E-99 da FAB. Nas buscas foi utilizado um helicóptero H-60 Black Hawk da FAB. A instituição até o
Iraquianos protestam contra ataques na Síria

Iraquianos protestam contra ataques na Síria

Armas, Mundo
Milhares de iraquianos protestaram neste domingo em várias cidades do Iraque contra os ataques ocidentais na Síria, convocados pelo líder xiita Moqtada Sadr, e alguns queimaram bandeiras americanas. "Parem de destruir a Síria como destruíram nosso país", gritou a multidão reunida na praça Tahrir, no centro de Bagdá, quinze anos depois da investida do Iraque liderada pelos Estados Unidos e da queda do regime de Saddam Hussein. Dezenas de homens que erguiam bandeiras iraquianas e sírias, assim como mulheres totalmente vestidas de preto, queimaram a bandeira americanas aos gritos de "Não aos Estados Unidos, não ao bombardeio do povo sírio!". No sábado, o Iraque expressão sua "preocupação" depois que Estados Unidos, França e Reino Unido realizaram bombardeios contra o regime de Bashar