segunda-feira, junho 18

Educação

Série de ações aponta calote superior a R$ 1,8 milhão da prefeitura em creches

Série de ações aponta calote superior a R$ 1,8 milhão da prefeitura em creches

Educação, Slider
Sete creches conveniadas à rede municipal de ensino para prestarem atendimento a mais de mil crianças em idade pré-escolar acusam calote da Prefeitura de Dourados. Segundo as instituições de ensino, repasses referentes aos meses de fevereiro, março e parte de abril deste ano não foram feitos. O valor total dessas dívidas, somado, supera R$ 1,8 milhão e ameaça o funcionamento das unidades. Na segunda-feira (11) a 94FM revelou que a Associação Educacional Ceminha e a Associação Brasileira de Crédito, Desenvolvimento da Educação e do Esporte – Abcde protocolizaram na sexta-feira (8) petições à 6 Vara Cível da comarca. Elas pedem que a Justiça determine à administração municipal o imediato pagamento de R$ 101.602,00 e R$ 123.126,00, respectivamente. MAIS AÇÕES Contudo, a reportagem ap
Financiamentos afundam os estudantes nos EUA: dívidas superam 5,9 trilhões de reais

Financiamentos afundam os estudantes nos EUA: dívidas superam 5,9 trilhões de reais

Educação, Slider
A geração Y, a que nasceu entre meados dos anos 1990 e começo do novo milênio, está afundada em dívidas nos Estados Unidos. O dado do Federal Reserve sobre a situação financeira das famílias é preocupante. Quatro de cada dez pessoas que concluíram os estudos universitários têm de devolver algum tipo de empréstimo. O total acaba de superar 1,5 trilhão de dólares (5,9 trilhões de reais), um montante que ultrapassa a riqueza de uma economia avançada como a da Espanha. A dívida universitária supera tranquilamente o 1,1 trilhão (4,3 trilhão de reais) em financiamentos para a compra de automóvel. Também a que se acumula nos cartões de crédito, que se aproxima do trilhão. O problema, como mostram as estatísticas do banco central dos Estados Unidos, é que esses empréstimos se combinam. A dívida
‘Assédio é frequente dentro das universidades’, diz professora da UFRGS

‘Assédio é frequente dentro das universidades’, diz professora da UFRGS

Educação, Slider
A pesquisadora Marcia Barbosa, 58, divide seu tempo entre o estudo das propriedades químicas e físicas da água e a luta contra o assédio sexual na universidade e a favor da igualdade de gênero na ciência. Professora titular do Instituto de Física da UFRGS e membro titular da Academia Brasileira de Ciências -onde a participação feminina é de meros 14%-, ela percorre o país denunciando injustiças e violências que atingem e ferem mulheres nas universidades e centros de pesquisa nacionais. Num momento em que denúncias de assédio sexual grassam nos mais diversos ambientes profissionais, Barbosa deixa claro que a academia não constitui exceção. Pelo contrário. "Assédio é algo frequente dentro da universidade", disse à reportagem a pesquisadora, que já foi vítima da prática. Apesar disso
Por que fazer simulados ajuda na hora da prova?

Por que fazer simulados ajuda na hora da prova?

Educação
Na preparação para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), a melhor dica de estudos que podemos dar é: faça simulados que reproduzam o modelo da prova. Conversamos com cursinhos e listamos a seguir quatro motivos para levar essa prática a sério.  Você precisa se familiarizar com o tipo de prova que vai encarar O Enem tem um modelo próprio, que é diferente da Fuvest – que é diferente da Unicamp, da Unesp… Além da diferença no número de questões e até no conteúdo cobrado, cada vestibular tem seu próprio jeito de abordar os temas. Entender e se acostumar com a prova pode lhe roubar um tempo precioso – gasto que você não precisará ter se já chegar sabendo o que irá encontrar. O simulado permite que você desenvolva e teste sua própria estratégia “Para se sair bem no Enem
Estudantes de MS já podem se inscrever para mais de 36 mil bolsas de estudo

Estudantes de MS já podem se inscrever para mais de 36 mil bolsas de estudo

Educação
Comece estudar ainda este ano! O Educa Mais Brasil está inscrevendo estudantes interessados em bolsas para faculdades. Em todo o Brasil são ao menos 500 mil oportunidades disponíveis, o auxílio chega a 70% de desconto. As vagas abrangem cursos de graduação e pós-graduação, presenciais e a distância (EAD), em faculdades como Estácio, Unopar, Unip, Anhanguera, Uniasselvi, entre outras. Em Mato Grosso do Sul são mais de 36 mil oportunidades. Confira as bolsas em Dourados:https://www.educamaisbrasil.com.br/faculdades-e-universidades/ms/dourados.  “A bolsa de estudo é uma forma viável de formação e preparação para o mercado de trabalho, justamente porque traz mais segurança financeira: ao ser contemplado o estudante utiliza o desconto concedido sem ter que acumular dívidas futuras”, explica A
Projeto contra as drogas beneficia 1400 alunos da escola Vilmar

Projeto contra as drogas beneficia 1400 alunos da escola Vilmar

Dourados, Educação
Mais de 1400 alunos da escola Vilmar Vieira de Matos, localizada na região do bairro Vista Alegre, foram contemplados com a série de palestras realizadas pelo assessor de comunicação do 3º.Batalhão da PM (Polícia Militar) de Dourados, subtenente Julio Arguelho, coordenador do Projeto DNC (Diga Não às Drogas) que já passou por várias unidades de ensino e instituições da cidade. Nessa intervenção na escola Vilmar, a convite da diretora Odália Amaro, o ciclo DNC contou com nove palestras, nos três períodos de aulas, e atendeu um público de 11 a 18 anos, onde foram ministrados assuntos sobre a iniciação criminal de jovens e adolescentes, que começam a cometer crimes depois de se viciarem em algum tipo de droga, lícitas e ilícitas. Foram apresentados dados do sistema penitenciário nacion
Com 3 mil crianças sem vagas, Ceims seguem fechados

Com 3 mil crianças sem vagas, Ceims seguem fechados

Dourados, Educação
Dois Ceims inaugurados em dezembro do ano passado seguem fechados em Dourados. Tratam-se dos Centros de Educação Infantil ‘Professora Maria de Lourdes Silva’, no Altos do Indaiá, e ‘Professora Isilda Aparecida dos Santos Souza’, no Jardim Colibri. "Enquanto isso, cerca de 3 mil crianças estão fora das salas de aulas", diz com indignação o vereador Marçal Filho. Construídos com recursos do Ministério da Educação, do Governo Federal, cada Ceim teve investimento de R$ 1,4 milhão, com contrapartida da Prefeitura de R$ 528,8 mil na unidade do Altos do Indaiá e R$ 568,3 mil no Ceim do Jardim Colibri. As duas unidades são do Tipo B, com estrutura de 1.118 metros quadrados de área construída, oito salas de aula, sala de leitura, laboratório de informática, pátio coberto, playground, bloc
Alan Guedes requer calendário e cronograma para reposição de aulas na Rede Municipal de Ensino

Alan Guedes requer calendário e cronograma para reposição de aulas na Rede Municipal de Ensino

CMD, Educação
Preocupado com a reposição da carga horária da Rede Municipal de Ensino, devido à demora no preenchimento do quadro de professores no início do ano letivo de 2018, o vereador Alan Guedes (DEM), requereu junto à administração municipal informações sobre a metodologia e o calendário a serem aplicadas para a reposição aos alunos. “A minha preocupação é com a reposição da carga horária desses alunos. Pois eles ficaram um longo período sem aula no início do ano e isso gera um prejuízo para o aprendizado dessas crianças”, salientou Alan Guedes. O vereador lembrou ainda que a maioria das escolas já estão com o quadro funcional de professores normalizados, com a contratação temporária de educadores, porém a preocupação é que no futuro os alunos não sejam mais prejudicados por conta desse perío
Em grave crise financeira, UnB pode parar de funcionar em agosto

Em grave crise financeira, UnB pode parar de funcionar em agosto

Educação
“Se não tiver contingenciamento, a UnB para de funcionar em agosto”. Foi com essa frase que a decana de Planejamento e Orçamento da Universidade de Brasília, Denise Imbroisi, abriu reunião pública para tratar da crise financeira da instituição, que registra um rombo de R$ 92,3 milhões em seu orçamento para este ano. A universidade anunciou ser necessário cortar despesas, e isso implicaria em redução de terceirizados, estagiários e subsídios, como o oferecido aos estudantes que se alimentam no Restaurante Universitário (RU). A medida pode aumentar em até 160% o valor das refeições, dependendo da condição financeira do aluno. Outras contenções também estão sendo analisadas. A previsão é que haja um corte de 15% nos contratos de prestação de serviços, pois é necessário reduzir R$ 25 mil
Novo currículo do ensino médio exigirá mudança na formação do professor

Novo currículo do ensino médio exigirá mudança na formação do professor

Educação
O sucesso da implementação da nova Base Nacional Comum Curricular (BNCC) do Ensino Médio passará por mudanças na formação de professores e adaptações nas escolas, apontam especialistas ouvidos pela Agência Brasil. O documento, que vai orientar os currículos dessa etapa e estabelecer as habilidades e competências que devem ser desenvolvidas pelos alunos ao longo do ensino médio em cada uma das áreas, foi entregue na última terça-feira (3) pelo Ministério da Educação (MEC) ao Conselho Nacional de Educação (CNE). A BNCC do ensino médio é organizada por áreas do conhecimento: linguagens, matemática, ciências da natureza e ciências humanas. Apenas as disciplinas de língua portuguesa e matemática aparecem como componentes curriculares, ou seja, disciplinas obrigatórias para os três anos