quarta-feira, junho 20

Economia

Notícias sobre economia

Entenda a tabela de fretes rodoviários e as idas e vindas do governo

Entenda a tabela de fretes rodoviários e as idas e vindas do governo

Economia, Slider
A recente tabela de fretes da ANTT (Agência Nacional de Transportes Terrestres) determina preços mínimos para o transporte rodoviário, e gerou controvérsia com o agronegócio e a indústria, que se queixaram do aumento do preços. Tudo começou com a Medida Provisória 832, publicada na madrugada de domingo (27) para segunda-feira, em meio à crise. Parte de um pacote de negociação com caminhoneiros, a medida determinou que a ANTT tabelaria os preços de frete, para garantir uma renda mínima à categoria. Entenda, abaixo, a controvérsia gerada pela medida. 1 - A tabela que está valendo é a primeira que foi publicada, mas mesmo isso é incerto. A ANTT (Agência Nacional de Transportes Terrestres) publicou os preços mínimos em 30 de maio. Na quinta-feira passada (7), após críticas do setor produ
Dólar cai mais de 2% e fecha a semana a R$ 3,72 após nova ação do BC

Dólar cai mais de 2% e fecha a semana a R$ 3,72 após nova ação do BC

Economia
O dólar fechou em queda nesta sexta-feira (15), após o Banco Central anunciar que vai aumentar sua atuação no mercado na próxima semana, trazendo mais alívio para os investidores diante da cena política e fiscal no país. A decisão veio depois da disparada da moeda na quinta, que subiu mais de 2%, a R$ 3,81. A moeda norte-americana caiu 2,16%, vendida a R$ 3,7289. Na mínima do dia, chegou a R$ 3,7156. Na semana, o dólar teve alta de 0,58%. No mês de junho, acumula queda de 0,18%. Já no ano, a moeda tem valorização de 12,54%. Já o dólar turismo era negociado perto de R$ 3,88, sem considerar o Imposto sobre Operações Financeiras (IOF). Na quinta-feira, o dólar avançou 2,65%, a R$ 3,8111. Fonte: DouradosNews
Petrobras anuncia queda de 0,89% no preço da gasolina nas refinarias

Petrobras anuncia queda de 0,89% no preço da gasolina nas refinarias

Economia
A Petrobras anunciou nesta sexta-feira uma queda de 0,89% no preço da gasolina comercializada em suas refinarias. Neste sábado, o combustível passará a ser negociado por R$ 1,9178 por litro no parque de refino da estatal. No mês, a gasolina acumula queda de preços de 2,5%, de acordo com tabela divulgada pela Petrobras. Esse é o menor preço atingido pelo combustível desde 11 de maio, quando ele era negociado a R$ 1,8908. O litro da gasolina chegou a ser vendido por R$ 2,0867 em 22 de maio. Fonte: DouradosNews
Na Capital, gasolina R$ 0,20 mais barata que a de Dourados é considerada abusiva

Na Capital, gasolina R$ 0,20 mais barata que a de Dourados é considerada abusiva

Economia, Slider
Após fiscalizar 153 postos de combustíveis em Campo Grande, o Procon/MS (Superintendência para Orientação e Defesa do Consumidor) divulgou ter constatado a prática de preços abusivos na venda de derivados de petróleo. Em um dos casos, os fiscais consideraram excessiva a cobrança de R$ 4,499 pelo litro da gasolina comum, valor 20 centavos mais barato do que o de Dourados, município distante 220 quilômetros de lá. Conforme revelado pelo órgão, acordo celebrado com o Sinpetro-MS (Sindicato do Comércio Varejista de Derivados de Petróleo e Lubrificantes) do Estado definiu que os estabelecimentos da capital “poderiam operar com o preço da gasolina com variação de R$ 4,19 a R$ 4,39, e o valor do etanol, de R$ 3,19 a R$ 3,29”, valores para as compras à vista ou no cartão de débito. No en
Pesquisa aponta forte aumento de preços da cesta básica em Dourados após greve dos caminhoneiros

Pesquisa aponta forte aumento de preços da cesta básica em Dourados após greve dos caminhoneiros

Dourados, Economia
O valor da Cesta Básica do mês de Maio/2018 comparado com o mês de Abril/2018 apresentou uma forte elevação de 8,95% em Dourados, é o que constata a pesquisa realizada pelos acadêmicos do curso de Ciências Econômicas da Faculdade de Administração, Ciências Contábeis e Economia (FACE) da Universidade Federal da Grande Dourados (UFGD), sob coordenação do professor doutor Enrique Duarte Romero, realizada na primeira semana de Junho. Esta pesquisa sempre foi realizada nos últimos dias do mês de referência, mas devido à greve dos caminhoneiros, este mês foi mudado pela falta de alguns produtos que por sua vez, elevaram os preços bem acima do seu preço natural. Os produtos que compõem a Cesta Básica conforme o DIEESE (Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos)
Meirelles diz que Caixa está sendo preparada para privatização

Meirelles diz que Caixa está sendo preparada para privatização

Economia
O ex-ministro da Fazenda Henrique Meirelles (MDB) afirmou nesta quarta-feira (6) que a Caixa Econômica Federal está sendo preparada para iniciar um processo de abertura de capital e venda de parte da empresa para a participação privada, modelo que também defende para a Petrobras e o Banco do Brasil. "A Caixa está sendo preparada para isso, com o novo estatuto e etc. Com o tempo, podemos até pensar, sim, em abrir o capital da Caixa, começar a vender participação privada", disse Meirelles durante sabatina com pré-candidatos ao Planalto promovida pelo jornal Correio Braziliense. O ex-chefe da equipe econômica de Michel Temer evita falar em "privatização clássica" para a Petrobras e os bancos públicos, mas defende maior participação do setor privado nessas empresas, com o cuidado de manter u
País não utiliza um terço da malha ferroviária existente, diz CNI

País não utiliza um terço da malha ferroviária existente, diz CNI

Economia, Slider
Estudo da Confederação Nacional da Indústria (CNI) mostra que cerca de 30 por cento dos trilhos ferroviários do Brasil estão inutilizados e 23 por cento estão sem condições de serem colocados em operação. O estudo, chamado "Transporte ferroviário: colocando a competitividade nos trilhos", foi feito com base em dados da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) e será entregue pela CNI aos candidatos à Presidência da República. O levantamento da CNI será entregue alguns dias após o fim a da greve dos caminhoneiros, que paralisou o país por 11 dias no final de maio e gerou prejuízos de bilhões de reais a diversos setores e obrigou o governo federal a subsidiar redução no preço do diesel. No final de maio, o ex-diretor da ANTT Bernardo Figueiredo, afirmou à Reuters que o subsídio de
Assembleia de São Paulo aprova emenda que eleva teto do funcionalismo

Assembleia de São Paulo aprova emenda que eleva teto do funcionalismo

Economia, Slider
A Alesp (Assembleia Legislativa de São Paulo) aprovou, em segundo turno, a PEC (Proposta de Emenda à Constituição) que aumenta o teto do funcionalismo público de São Paulo. Dos 72 parlamentares presentes, 67 foram favoráveis à medida que eleva o teto do funcionalismo público do Executivo e Legislativo estadual de R$ 21 mil, salário do governador, para R$ 30 mil, remuneração de um desembargador. Como se trata de uma emenda constitucional, a proposta não precisa de sanção do governador. Em discussão desde o ano passado, a aprovação da PEC foi evitada a todo custo pelo governo Alckmin e tensionou a base do ex-governador no ano passado. A PEC estava pronta para entrar em pauta, porém o presidente do Legislativo, Cauê Macris (PSDB), não levava o projeto a plenário. Em outubro, o deputado C
Dólar ultrapassa barreira dos R$ 3,91 e valorização chega a 1,69%

Dólar ultrapassa barreira dos R$ 3,91 e valorização chega a 1,69%

Economia
A cotação do dólar voltou a subir hoje (07), valendo R$ 3,9023 na abertura do mercado financeiro com valorização de 1,69%. A moeda norte-americana ultrapassou a barreira dos R$ 3,91, o que não ocorria desde março de 2016. Ontem, a cotação chegou a R$ 3,8371. O índice da Bolsa de Valores de São Paulo (Ibovespa) abriu hoje (7) novamente em queda, caindo 2,04%, com 74.567 pontos, às 10h10. As ações da Petrobras acompanhavam a tendência de queda, com desvalorização das ações preferenciais, que dão direito a pagamento de lucros e dividendos, de 2,57% na abertura do pregão. Com informações da Agência Brasil. Fonte: NotíciasAoMinuto
Senado aprova reoneração e deixa para Temer vetar PIS/Cofins zerado

Senado aprova reoneração e deixa para Temer vetar PIS/Cofins zerado

Destaque, Economia
O Senado aprovou nesta terça-feira (29) o projeto que reonera a folha de pagamento de diversos setores. A matéria foi aprovada no mesmo formato do texto da Câmara e segue direto para a sanção presidencial. No acordo costurado pelo governo, caberá ao presidente Michel Temer vetar o trecho da proposta que zera o PIS/Cofins do diesel até o fim do ano. O artigo foi incluído no texto pela Câmara depois de o presidente da Casa, Rodrigo Maia (DEM-RJ), subestimar o impacto do desconto aos cofres públicos. Os novos recursos arrecadados com a reoneração serão usados para compensar parte do impacto da redução anunciada pelo governo de R$ 0,46 no valor litro do diesel nas refinarias. O preço ficará congelado por 60 dias. Do desconto total oferecido pelo governo aos caminhoneiros grevistas, R$ 0,