Noivo de ministro dinamarquês é agredido por ser homossexual

Josué Medina Vázquez, companheiro do ministro da Justiça da Dinamarca, Soren Pape Poulsen (na foto), foi agredido, na madrugada desta quinta-feira (17), num bar de Copenhague por um homem homofóbico.

A imprensa dinamarquesa revela que o agressor, de nacionalidade eslovena, teria dito que não gostava de homossexuais para depois agredir Josué Medina Vázquez com um soco no rosto.

De acordo com a polícia local, o agressor, de 34 anos, foi detido e é acusado dos crimes de ódio e violência.

O ministro da Justiça e companheiro da vítima utilizou o Twitter para reagir ao sucedido. “Vamos olhar em frente e superar o incidente da melhor forma que pudermos”, escreveu o ministro.

Josué Medina Vázquez e Soren Pape Poulsen, recorde-se, estão noivos desde o ano passado.

Fonte: Notícias ao minuto