quarta-feira, junho 20

Alan Guedes requer informações sobre Cosip e o novo modelo de transporte coletivo para Dourados

Foto: Thiago Morais

O vereador Alan Guedes (DEM) requereu informações junto à administração municipal referente a fase de implantação do novo modelo de transporte coletivo para Dourados, e ainda sobre a Contribuição para o Custeio do Serviço de Iluminação Pública (Cosip). De acordo com o vereador, no requerimento sobre o transporte, a cidade carece desse novo padrão, pois ela conta com ruas no mesmo modelo da década de 70, no entanto com uma frota de mais de 140 mil veículos em circulação.

“Sabemos que é de grande importância que esse novo modelo seja implantado na nossa cidade, recentemente passamos por uma crise nacional em relação à falta de combustível causada pela greve dos caminhoneiros e notamos que não só em Dourados, mas em outras cidades do país a importância do transporte coletivo. Precisamos que o sistema de transporte público seja mais convidativo para que a população possa utilizar de maneira mais efetiva, sendo ágil, rápido e ambientalmente responsável em sua utilização”, salientou Alan Guedes.

Já sobre o Cosip, o vereador solicita o total arrecadado mês a mês e ainda as planilhas das ações efetuadas no que se refere à questão da iluminação pública e sua manutenção.

“Nós temos falado por muitas vezes sobre isso, e durante o feriado e final de semana em que estive circulando pela cidade no período noturno percebi, embora o secretário municipal de Serviços Urbanos Joaquim Soares venha se esforçando, tanto no início da Avenida Marcelino Pires como no seu prolongamento e em outros pontos da cidade  há ainda de fato uma carência muito grande na manutenção da iluminação pública”, pontuou o parlamentar.

Guarda Municipal

Ainda na tribuna livre o vereador falou sobre um ofício que recebeu do Sindicato dos Guardas Municipais de Dourados, solicitando apoio dos vereadores na busca por uma agenda com a prefeita Délia Razuk (PR), para que possam tratar de questões relacionadas à valorização profissional e as condições de trabalho.

“No documento que recebi do sindicato fala sobre essa dificuldade em conseguir uma agenda com a prefeita. E acredito que seja importante que ela receba a representação sindical dos guardas e os pleitos deles assim como é importante que receba os trabalhadores em educação”, enfatizou.

Fonte: Assessoria

Notícias Relacionadas :::