Fabi Drumond, uma super musa

Foto: Kaddigia Pudelko

Em Janeiro de 2017 decidi que queria mudar meu corpo.  Eu já treinava á  uns 4 anos, porém, treinava ” mais ou menos ” sem uma dieta associada, obviamente os resultados não apareciam.

Busquei a orientação de uma nutricionista esportiva e um personal e comecei a me dedicar 100%.

Foi quando em abril do mesmo ano em uma consulta ela perguntou pra mim se eu já tinha pensando em competir?

Meus olhos brilharam e eu respondi:  “Mas eu posso?”, ao que ela disse: “Claro, você tem muito potencial. Se quiser vamos te preparar”.
Aí começamos com o objetivo de subir ao palco em outubro do mesmo ano, mas achamos melhor esperar um pouco mais para buscar em shape melhor e a estréia aconteceu em maio deste ano.
Fiquei muito feliz com o resultado. Fui Top 2 Wellness Master, mas independente de resultado só pelo fato de estar ali eu já me sentia uma vencedora.  Olhar para trás e ver quantos obstáculos e dificuldades foram superadas é muito gratificante.   Nesse esporte seu maior adversário é você mesmo, buscando todos os dias se superar nos treinos, nas dores, na alimentação.  Buscar o seu melhor shape e ver a sua própria evolução a cada dia. Recebo muitas mensagens de seguidores, falando que estão se inspirando em mim e fico muito feliz em saber que de uma forma ou outra acabo incentivando outras pessoas a buscarem em estilo de vida saudável.
Eu sempre digo para as pessoas que me perguntam sobre treino e dieta: “Não existe milagre ou fórmulas mágicas. É a repetição dos hábitos saudáveis que vão levar você ao resultado que você deseja. Treino e alimentação andam juntos.  Não é 50% de cada.  É 100% cada um”.
Sua saúde vai agradecer e a estética vai vir por consequência.   Atividade física é vida.  Invista em você!

Fonte: Assessoria

Fonte: Assessoria