sexta-feira, agosto 17

Quais são as causas da imunidade baixa nos idosos?

O envelhecimento provoca diversas alterações no nosso sistema imunológico. Essas mudanças são decorrentes de dois fatores principais:

Involução do timo

Essa pequena glândula próxima ao coração tem como função principal produzir substâncias que promovem o amadurecimento de células de defesa do nosso corpo.

Porém, a partir da puberdade, o timo sofre um processo normal de degeneração. Com isso, há uma diminuição da capacidade do organismo de montar uma resposta imune eficaz.

Declínio do funcionamento das células de defesa

Embora a quantidade de células de defesa seja preservada em idosos, a atividade funcional delas é reduzida com o passar dos anos. Por exemplo, algumas células cuja função principal é “comer” microrganismos invasores têm sua capacidade de extermínio diminuída conforme o tempo avança.

Que outros fatores afetam a imunidade?

Embora o envelhecimento leve a uma queda natural da imunidade, diversos fatores podem acelerar esse processo, como:

estresse — as células de defesa do nosso organismo são inibidas pela produção de hormônios ligados ao estresse, como o cortisol e a adrenalina;
má alimentação — o corpo não adquire os nutrientes necessários para produzir anticorpos, substâncias que evitam que partículas invasoras causem danos a nossa saúde;
depressão — idosos deprimidos produzem menos células de defesa em resposta a infecções;
noites mal dormidas — a privação de sono causa uma diminuição no número de células de defesa e de moléculas necessárias para gerar uma resposta contra agentes infecciosos;
uso de alguns medicamentos — muitos remédios enfraquecem o sistema imune e, por isso, não devem ser usados sem orientação médica.

Que problemas a queda da imunidade traz?

O enfraquecimento do sistema de defesa deixa nosso corpo mais suscetível a infecções por microrganismos e parasitas, câncer e doenças autoimunes. Conheça alguns problemas que acometem mais frequentemente pessoas com a imunidade baixa:

pneumonia;
tuberculose;
diarreia;
sapinho;
gripe;
lúpus;
psoríase;
herpes.

Além de deixar o corpo predisposto a doenças, a fragilização da imunidade também faz com que a resposta à vacinação seja menos eficaz em idosos.

Como evitar a queda da imunidade?

Muito pode ser feito para ajudar nosso sistema imunológico a trabalhar corretamente mesmo com a diminuição natural do seu funcionamento. Veja algumas dicas:

Alimente-se bem

Uma boa alimentação é importante em todas as fases da vida. Na terceira idade, é particularmente importante ingerir alimentos ricos em vitaminas e também aumentar o consumo de líquidos, uma vez que a desidratação é mais comum nessa faixa etária.

Faça exercícios regularmente

A atividade física fortalece o corpo. Além disso, alguns germes podem ser eliminados do corpo por meio do suor.

Lave as mãos com frequência

As mãos estão frequentemente em contato com o rosto e podem levar microrganismos potencialmente causadores de doença aos olhos, nariz ou boca. Por isso, manter as mãos limpas é uma forma de evitar infecções.

Descanse bem

É durante o sono noturno que o organismo se recupera, incluindo o sistema imune. Trocar uma boa noite de descanso por cochilos durante o dia não é tão reparador para os nossos mecanismos de defesa.

Viu como é simples ajudar o organismo a lidar com a imunidade baixa nos idosos? Com alguns cuidados, é possível deixar o corpo mais forte para combater doenças e garantir uma melhor qualidade de vida.

Gostou deste artigo? Se ainda ficou com dúvidas ou quiser dividir alguma experiência sobre o assunto, deixe um comentário abaixo. Estamos esperando por você!

Notícias Relacionadas :::