sexta-feira, agosto 17

Bairros de Dourados recebem oficinas culturais

Oficinas de teatro, de circo, percussão estão mais acessíveis às crianças e adolescentes em Dourados. A oportunidade é oferecida pelo projeto Palco para Todos. A ação estruturada pela Prefeitura de Dourados, por meio da Secretaria de Cultura, e oferece atividades extraclasses junto a instituições conveniadas e nos bairros, em vários pontos da cidade, sendo um diferencial na descentralização das oficinas.

As modalidades atendem atualmente 200 crianças e adolescentes e ocorrem na Praça da Juventude, Unidade Básica de Saúde do Altos do Indaiá, Ceia – Centro de Integração do Adolescente Dom Alberto, pólem da Escola Loide Bonfim Andrade, AJI – Ação dos Jovens Indígenas de Dourados-, Jorjão (Complexo Esportivo Jorge Antônio Salomão), Casa Criança Feliz, Cras da Aldeia Indígena e no Centro de Tradições Terena.

A coordenadora do projeto Palco para Todos, Andiara Pacco Coquemala, ressalta que a gestão Délia Razuk possibilitou a ampliação do atendimento à população com ações culturais dentro do intuito do desenvolvimento do cidadão.

“Oferecer essas oficinas nos bairros fomenta a cultura no nosso município, alcança crianças e adolescentes que muitas vezes não poderiam se deslocar até locais mais distantes para fazer atividades como estas , que incentivam dons, a superação a si mesmas em ações saudáveis, uma descoberta pessoal”, disse.

A coordenadora cita que algumas vagas ainda estão disponíveis. A idade para participar das ações é entre 06 a 16 anos. Para informações sobre as oficinas disponíveis, bem como os locais, é necessário contato na Secretaria de Cultura. O telefone é (67) 3411-7709.

Ainda dentro do projeto, as crianças da Rede Municipal de Ensino contam com aulas gratuitas de dança (balé, jazz, dança do ventre) e artes visuais (desenho). As atividades são ofertadas nas academias ou estúdios e demais entidades de ensino nas áreas especializadas.

São parceiros do projeto, o Instituto de Desenvolvimento Artístico e Social Sucata Cultural, Studio Blanche Torres, Academia de Balé Anna Pavlowa, Academia de Dança Maria Ester, Entreartes Espaço de Convivência Artística, Beco das Artes e Studio Jacy Brasileiro.

Notícias Relacionadas :::