Patrão é preso na Capital após passar a mão em funcionária

Jovem de 18 anos denunciou o patrão, dono de um açougue da Capital, na manhã de segunda-feira (3/6), por importunação e assédio sexual, crimes que caracterizam estupro. Conforme o Midiamax, o homem de 38 anos é proprietário do estabelecimento, onde a vítima tinha começado a trabalhar há cinco dias.

Segundo relato da jovem à polícia, quando ela chegou ao local de trabalho na manhã de segunda-feira, foi orientada pelo homem a colocar o uniforme.

Ainda segundo o jornal, a camiseta foi colocada sobre a roupa em que ela estava, porém, ficou grande. O suspeito então a orientou a tirar a camiseta de baixo e colocar o uniforme por dentro da calça.

Para trocar de roupa, ela foi levada até um quartinho de funcionários que há no açougue. Foi então que o patrão a teria segurado, colocando as mãos na cintura da vítima e tentado abrir o zíper da calça da jovem. Segundo o relato dela, o homem ainda “passou mão” nela.

A vítima saiu imediatamente do açougue e foi para casa, onde contou o ocorrido para a avó, que acionou a Polícia Militar. Vítima e suspeito foram levados para a Deam (Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher), onde foram ouvidos pela Polícia Civil. O homem negou os fatos e ainda disse que a jovem estaria “sensualizando” e se insinuando para ele.

O suspeito foi preso e passará por audiência de custódia nesta terça-feira (4). Ele já tem passagens pela polícia, pelos crimes de estupro de vulnerável e furto.

Fonte: Dourados news

Sobre o editor

Babiane Cristaldo
Últimas Notícias
Leia também:  Polícia Federal investiga invasão no Ministério do Trabalho
× Fale conosco no zap!