quarta-feira, Fevereiro 21

Atendimento na Funpema deve diminuir após renovação de convênio com a Prefeitura

O convênio entre a administração municipal e a Funpema (Fundação Cardiogeriátrica Coronel José Alves Marcondes e Dr. Haroldo Pereira da Silva), que atende pacientes com problemas cardiológicos, vai continuar.

Depois de dizer que o contrato, que iria vencer no próximo dia 15 não seria mais renovado, a prefeita Délia Razuk (PR) voltou atrás e disse, na tarde de ontem (31), que vai continuar com o convênio, segundo explicou à reportagem da 94FM, o secretário-executivo da Funpema, Mauro Tomazini.

Porém, vai diminuir o número de pacientes atendidos, já que a verba destinada para fundação, diminuiu. Antes, era destinado R$ 70 mil, agora, o valor disponível será de R$ 30 mil. Até então a Funpema atendia através do Sistema Único de Saúde  (SUS), em média, 1.300 pessoa por mês e realizava em torno de 10 mil exames no mesmo período. Segundo o secretário, esse número deve diminuir, já que o valor destinado será bem menor.

Fonte: 94FM Dourados

Notícias Relacionadas :::