sábado, Fevereiro 24

Mundo

No mundo, 200 milhões de mulheres sofrem consequências de mutilação genital

No mundo, 200 milhões de mulheres sofrem consequências de mutilação genital

Mundo, Slider
No mundo todo, estima-se que pelo menos 200 milhões de meninas e mulheres convivem com as terríveis consequências de mutilação genital feminina (MGF), de acordo com as Nações Unidas. Entre os problemas acarretados pela prática, estão os sangramentos graves e problemas de saúde, incluindo cistos, infecções, infertilidade e complicações no parto. A MGF é uma das violações mais brutais dos direitos humanos das mulheres e consiste na remoção parcial ou total dos órgãos genitais externos femininos (clitóris, pequenos e grandes lábios) e é feita com maior frequência em meninas entre os cinco e oito anos, muitas vezes em condições de higiene deploráveis. A prática não tem benefícios médicos e as lesões físicas e psíquicas são graves e permanentes. A mutilação genital feminina ainda é realizada
Jornalista infiltrada denunciou assédio sexual em jantar só para homens ricos em Londres

Jornalista infiltrada denunciou assédio sexual em jantar só para homens ricos em Londres

Mundo, Slider
Quando foram contratadas para serem hostess (recepcionistas de festas) num prestigioso evento de caridade britânica, as jovens não imaginavam que estariam no centro de um escândalo sexual, que tirou do cargo um funcionário do Departamento de Educação do governo e foi comentado até pela primeira-ministra Theresa May. Tudo começou a partir da denúncia da repórter do jornal Financial Times Madison Marriage, que revelou que as hostesses do jantar eram constantemente bolinadas pelos convidados - que incluem políticos, celebridades e empresários. "Eram mãos debaixo das saias, mãos no bumbum, mãos nos quadris, na barriga, homens agarrando sua cintura inesperadamente", disse Marriage em entrevista à BBC. Ela participou do jantar de gala beneficente President's Club Charity Dinner infiltra
‘Qualquer plano de paz terá Jerusalém como capital de Israel’

‘Qualquer plano de paz terá Jerusalém como capital de Israel’

Mundo
O premiê de Israel, Binyamin Netanyahu, afirmou nesta quinta-feira (25) em Davos, na Suíça, que quaisquer acordos de paz negociados entre palestinos e israelenses deve prever soberania israelense sobre uma Jerusalém unificada. "O único momento em que as três religiões, cristianismo, judaísmo e islamismo, puderam exercer sua fé com liberdade em Jerusalém foi sob soberania de Israel", afirmou o premiê durante conversa com Fareed Zakaria em evento durante o Fórum Econômico Mundial no resort suíço. Com isso, o premiê israelense descartou a possibilidade de um Estado palestino com capital em Jerusalém Oriental, como reivindicam os palestinos. No entanto, o consenso internacional e as negociações de paz em curso têm por base a solução de dois Estados, um israelense e um palestino, sendo
Homem morre estrangulado pela cobra de estimação

Homem morre estrangulado pela cobra de estimação

Mundo
Encontrado morto em seu quarto em agosto do ano passado, o britânico Dan Brandon, então com 31 anos, pode ter sido vítima de sua cobra de estimação, uma píton africana de 2,4 metros de comprimento. Em entrevista ao The Guardian publicada na quarta-feira (24), o porta-voz da polícia da cidade de Crookham, Andrew Bradle, revelou suas impressões acerca da ação do animal. "Não acredito que tenha sido uma agressão nem um confronto, mas sim, uma demonstração de afeto, um momento de paz", afirmou. A mãe do rapaz afirmou ao jornal inglês que o filho tinha outras 9 cobras e 12 aranhas tarântulas, as quais começou a criar quando tinha 15 anos, e que ela continuará cuidando dos animais. Fonte: Notícias ao Minuto
Nevasca e erupção vulcânica deixam 2 mortos e centenas de feridos no Japão

Nevasca e erupção vulcânica deixam 2 mortos e centenas de feridos no Japão

Mundo
O Japão foi sacudido nas últimas horas desta terça-feira por uma erupção vulcânica e fortes nevascas que deixaram pelo menos dois mortos e centenas de feridos, além de causar caos no transporte em Tóquio. O país, sobretudo na capital, sofre as consequências da maior tempestade de neve na região central do arquipélago japonês em quatro anos, entre elas graves alterações do transporte aéreo, rodoviário e urbano, além de causar a morte de uma pessoa e deixar pelo menos 720 feridos. A isso se soma a catástrofe que ocorreu hoje em uma estação de esqui de Gunma (norte de Tóquio), onde a erupção de um vulcão próximo e uma avalanche quase simultânea provocaram a morte de um militar de 49 anos que treinava na região e feriram outras 11 pessoas, informaram as autoridades locais. Entre os fe
Dívida da China é uma grave ameaça para a economia mundial

Dívida da China é uma grave ameaça para a economia mundial

Economia, Mundo
A dívida da China é a maior ameaça para a economia mundial, segundo as conclusões de um debate realizado no Fórum Econômico Mundial, em Davos, onde este dado foi comparado a um rinoceronte que todo mundo vê, mas do qual ninguém se aproxima. Esta é a conclusão à qual chegaram diretores de algumas das maiores entidades financeiras do mundo (Citigroup, Barclays, The Carlyle Group, M&G Investiments), o vice-presidente do órgão supervisor da bolsa chinesa, Fang Xinghai, e o professor de Harvard Kenneth Rogoff. Rogoff foi o primeiro a advertir sobre o elevado endividamento da China, que poderia ser o prenúncio de outra crise financeira quando "ainda termina" a última. Além disso, os bancos centrais "não têm sequer um plano A" para fazer frente a uma nova quebra dos mercados, argumen
Procurador-geral dos EUA é interrogado sobre possível conluio com a Rússia

Procurador-geral dos EUA é interrogado sobre possível conluio com a Rússia

Mundo
O procurador-geral dos Estados Unidos, Jeff Sessions, foi interrogado na semana passada durante várias horas por investigadores que examinam um possível conluio entre funcionários russos e a campanha eleitoral do presidente Donald Trump, disse nesta terça-feira (23) o Departamento de Justiça americano. Sessions, que minimizou reiteradas vezes a ideia de que houve intromissão russa a favor de Trump na eleição, foi o primeiro membro conhecido do gabinete a ser interrogado pela equipe do procurador especial Robert Mueller, que investiga a eventual conivência. O Departamento de Justiça confirmou nesta terça-feira que Sessions foi interrogado por várias horas na semana passada, sinal de que a investigação liderada pelo procurador especial Robert Mueller chegou às altas esferas do go
Senado americano consegue maioria para reabrir governo

Senado americano consegue maioria para reabrir governo

Mundo, Slider
O senado dos EUA conseguiu a maioria necessária para aprovar uma lei de financiamento provisória, nesta segunda-feira (22). Dessa forma, o governo, que está paralisado desde o último sábado, será reaberto. Segundo a publicação do 'G1', o "shutdown" do governo teve início à meia-noite de sábado, fazendo com que milhares de funcionários federais a ficassem em casa, sem salário. Na votação, os senadores aprovaram o projeto de lei que reabre as agências federais até o dia 8 de fevereiro por 81 votos a favor - bem mais do que os 60 necessários - e 18 contra. O Senado ainda precisa realizar uma votação final para passar a lei à Câmara. De acordo com a agência Associated Press, o líder da minoria no Senado (democratas), Chuck Schumer, disse que os democratas concordaram em apoiar a lei p
Acidentes de trânsito matam 1,25 milhão de pessoas no mundo por ano

Acidentes de trânsito matam 1,25 milhão de pessoas no mundo por ano

Mundo
Os acidentes de trânsito matam 1,25 milhão de pessoas por ano em todo o mundo. Isso quer dizer que quando você terminar de ler essa mensagem e assistir a esse vídeo, mais de duas pessoas terão morrido vítimas de um acidente envolvendo um veículo. Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), os acidentes rodoviários são a principal causa de morte entre pessoas com idade entre 15 e 29 anos; 90% das mortes do mundo nas estradas ocorrem em países de baixa e média renda, mesmo que esses países tenham aproximadamente 54% dos veículos do mundo. Quase metade dos que morrem nas estradas é formada por "usuários vulneráveis da estrada": pedestres, ciclistas e motociclistas. Ainda segundo a OMS, os acidentes de trânsito rodoviário custam para a maioria dos países 3% do seu Produto Interno Br
Após polêmica com igrejas, Bolívia cancela novo código penal

Após polêmica com igrejas, Bolívia cancela novo código penal

Destaque, Mundo
O presidente boliviano Evo Morales decidiu neste domingo (21) cancelar a aplicação do novo código penal do país, que vinha sendo alvo de críticas de igrejas cristãs. Os religiosos diziam que as novas regras criminalizavam a evangelização, o que o governo nega. O artigo 88 do texto incluía no pacote de crimes que tratam do tráfico de pessoas o "recrutamento para a participação em conflitos armados ou organizações religiosas ou cultos". Para Evo, as críticas são parte de uma campanha para atrapalhar seu governo. "Decidimos cancelar o Código do Sistema Penal para evitar confusões e para que a direita deixe de conspirar e não tenha argumento para gerar desestabilização no país", afirmou. Diversas entidades religiosas e da sociedade civil planejaram uma série de protestos contra o gove