Ver +

Reprovação de brasileiros a Doria salta de 39% para 52% em um mês

Reprovação de brasileiros a Doria salta de 39% para 52% em um mês

Ver +
O prefeito de São Paulo, João Doria (PSDB), viu sua taxa de reprovação subir 13 pontos porcentuais – de 39% para 52% – entre os meses de maio e junho, segundo pesquisa divulgada nesta quinta-feira pelo Instituto Ipsos. Como a aprovação ao tucano se manteve estável em 16%, os entrevistados que agora reprovam o prefeito vieram daqueles que não sabiam ou não tinham conhecimento suficiente para avaliá-lo – essa taxa caiu os mesmos 13 pontos porcentuais, de 45% para 32%. A reprovação ao prefeito paulistano, apontado como um dos presidenciáveis do PSDB em 2018, vinha apresentando curva descendente desde que ele tomou posse, em janeiro – o índice caiu de 46%, em fevereiro, para 45%, em março, 40% em abril e os 39% de maio. O Ipsos entrevistou 1.200 pessoas em 72 municípios em todo o pa
Rainha Elizabeth receberá aumento de 78% em salário milionário

Rainha Elizabeth receberá aumento de 78% em salário milionário

Ver +
A rainha Elizabeth II receberá um enorme aumento de salário este ano para ajudar a restaurar o Palácio de Buckingham, de acordo com a CNN. A rainha recebeu do governo britânico 42,8 milhões de libras, o equivalente a US$ 54,6 milhões, em renda isenta de impostos como sua “concessão soberana” em 2016. Neste ano, o “salário” aumentará 78%, para 76,1 milhões de libras, ou US$ 97 milhões. A perspectiva é que os pagamentos do governo permaneçam em níveis elevados por 10 anos, enquanto o Palácio de Buckingham passa por uma extensa reforma. Devem ser substituídos a fiação e os tubos com mais de 60 anos de idade. O acesso dos visitantes será melhorado, mas o design geral e a parte externa do palácio londrino de 775 quartos permanecerão os mesmos. “O projeto busca evitar um risco sério de
Cérebro do 11/9 escreve a Obama para atribuir culpa dos atentados aos EUA

Cérebro do 11/9 escreve a Obama para atribuir culpa dos atentados aos EUA

Mundo, Ver +
O autoproclamado cérebro dos atentados de 11 de setembro de 2001 escreveu ao ex-presidente Barack Obama para lhe dizer que os ataques foram um resultado imediato da política externa americana e das mortes de pessoas inocentes causadas pela mesma. A carta de 18 páginas escrita por Khalid Sheikh Mohammed foi endereçada “ao líder da serpente, Barack Obama”, “dirigente do país da opressão e da tirania”. O advogado de defesa David Nevin forneceu uma cópia da carta, que ainda não foi publicada no site do exército americano devido a procedimentos em Guantánamo. Ele declarou à AFP que Mohammed começou a redigi-la em 2014. A carta tem a data de 8 de janeiro de 2015, mas chegou à Casa Branca apenas dois anos depois, nos últimos dias da presidência de Obama, segundo informações da imprensa, após