Paquistão convoca embaixador dos EUA após tuíte de Trump

O Paquistão convocou o embaixador dos Estados Unidos para consulta em Islamabad após o tuíte do presidente americano, Donald Trump, que acusou as autoridades desse país de mentirem – anunciou um porta-voz da embaixada nesta terça-feira (2).

Na segunda (1º), o embaixador David Hale foi convidado a comparecer ao Ministério paquistanês das Relações Exteriores, declarou um porta-voz da embaixada dos Estados Unidos.

“Foi se reunir com autoridades. Não faremos qualquer comentário sobre o conteúdo da reunião”, acrescentou o porta-voz.

“Os Estados Unidos equivocadamente deram ao Paquistão mais de 33 bilhões de dólares em ajuda durante os últimos 15 anos, e eles não nos deram nada que não fosse mentiras e enganações, fazendo nossos líderes de bobos”, disse Trump em seu primeiro tuíte de 2018.

“Eles dão apoio aos terroristas que caçamos no Afeganistão, com pouca ajuda. Não mais!”, acrescentou.

Até agora, a única reação oficial foi do ministro paquistanês da Defesa, Khurram Dastgir-Khan.

O Paquistão “deu aos Estados Unidos livre acesso a seu espaço aéreo e terrestre, às suas bases militares e a uma cooperação em matéria de Inteligência, que dizimou a Al-Qaeda durante 16 anos, mas não nos deram nada em troca, além de insultos e desconfiança”, tuitou o ministro Dastgir-Khan.

Fonte: AFP

Notícias Relacionadas :::